Nesse espaço

Textos psicografados, romance, Umbanda, Espiritismo compõem a tônica do A Alma das Coisas.
By
Annapon ( escritora e blogueira )

A Missão das Quatro Estações

Olá amigos leitores do "A Alma das Coisas"! O blog está com uma novidade, romance mediúnico totalmente gratuito e publicado, ...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Aceitando a missão mediunica.




Aceitando a missão mediunica.
Por Pai Alex d'Oxalá

Viver a mediunidade é uma descoberta diária. Começa na nossa aceitação da condição de instrumentos da espiritualidade na prática da caridade. A mediunidade é uma faculdade que precisa ser estudada e entendida como uma saída, uma janela, um horizonte que se descortina revelando a necessidade de darmos mais atenção aos nossos sentimentos, a nossa alma...ao nosso espirito imortal.A aceitação desse dom pode parecer para muitos um fardo, um karma..para outras correntes de pensamento até um desequilibrio, uma doença. Porém a mediunidade nos liberta mostrando que nossa energia não se resume aos limites do corpo físico.Descobrimos que a mente humana é uma ferramenta fantastics na comunicação com outras formas de consciência e principalmente no mergulho ao conhecimento e entendimento de nossa passagem pela Terra na condição de encarnados. Somos muitos nessa condição. Se nos localizarmos energéticamente dentro dos planos espirituais vamos nos encontrar na condição meio, pois nesse momento, nessa existência,habitamos a camada intermediaria dentre os planos espirituais. Dai a nossa natureza mediunica, pois todos a sua maneira somos médiuns, somos meio.

Como facilitar a aceitação de nossa condição mediunica?
Albert Einstein em uma ditado sintetiza a busca espiritual daqueles que aceitam a missão:

"Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos"

A espiritualidade nos prepara, nos capacita e nos ensina diariamente. É preciso ter olhos, ouvidos e coração abertos aos sinais e mensagens trazidas por nossos guias e mentores. Infelizmente somos refens de nossos piores pensamentos e sentimentos. Escravos de uma vida terrena e limitada.Nosso relógio parece estar sempre atrasado e vivemos nos devendo algo.Como se vivessemos correndo atrás de um tempo que não se recupera, pois não é esse o tempo da matéria e sim o tempo do espirito.A caminhada espiritual se assemelha muito aos primeiros passos de uma criança indo a escola. As inseguranças iniciais, o sofrimento ao soltar a mão da mamãe, um novo mundo se apresentando em torno de nós com muitos amiguinhos e a figura daquele que guiará nossos passos durante toda nossa jornada. O professor.
Muitas são as alegrias e felicidades , reveladas diariamente no aprendizado de cada nova letra, novo numero.Muitas são as inquietações e sofrimentos, na aceitação de nossa condição de aprendizes, do fim de nossa exclusividade ao olhar de nossos pais. Somos parte de um todo que busca o mesmo objetivo. Crescer, aprender e evoluir. Tempo depois nos deparamos com nossas provas e avaliações. É comum que muitos de nós por uma maior capacidade em lidar com o aprendizado tenhamos bons resultados, somando boas notas ao nosso histórico.Mas a nossa vida escolhar, nossa caminhada não se resume a tirar sempre dez. Muitos ainda não se encontraram, não conseguem conviver, não se aceitam parte de um todo, e na realidade acabam não completando a jornada do ponto de vista espiritual. Tirar boas notas não significa que estejamos felizes na escola. Por isso esteja atento aos seus professres. Eles conhecem nossas potencialidades e só depende de nós enxergarmos neles o mesmo fascinio que eles enxergam. Deus não quer que sejamos eficientes de uma hora para outra. Ele nos quer exatamente como somos e estamos neste exato momento: caídos, calejados, duvidosos ou alegres, motivados e cheios de luz. A única coisa que deseja é que estejamos disponíveis ao aprendizado de seu amor. E com humildade, entrega, paciência e compaixão para conquistar a paz interior que Ele tanto nos fala.
Lembrem, quando Jesus convidou os pescadores para segui-Lo sabia que tinham muito a aprender, principalmente sobre a fé, amizade, fidelidade e tolerância.
Por isso dedique um tempo de sua vida aos seus professores, aos seus guias e mentores. Pois só eles saberão guia-lo pela jornada espiritual de formação que todo médium precisa passar na escola da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog